Ações de engajamento nas empresas: como a tecnologia pode ajudar

Compartilhe

Você tem a sensação de que as ações de engajamento planejadas por sua equipe de RH estão deixando a desejar em alcance, resultados e interações? Então saiba que a tecnologia pode te ajudar nesse processo.

Existem ferramentas que servem de apoio estratégico para gerar engajamento, produtividade e alto desempenho nas empresas, sendo um ganha-ganha para equipes de RH, líderes e liderados.

Ações de engajamento na empresa: o que são?

As ações de engajamento são práticas promovidas por líderes, gestores ou RH para criar sentimentos de motivação, interesse, envolvimento e comprometimento nos colaboradores.

Elas se tornam ainda mais importantes quando o objetivo da empresa é manter a produtividade em alta.

Afinal, a produtividade não tem a ver apenas com a entregas, mas também com a real disposição para produzir algo. Pois só assim os melhores resultados serão, de fato, alcançados.

E convenhamos: quem trabalha com gestão de pessoas pode perceber quando um colaborador está desmotivado e sem conseguir atingir a performance esperada.

Sem o devido cuidado, esse espírito pode tomar conta de toda equipe, o que acarreta em grandes prejuízos à companhia.

Nesse sentido, é indispensável que as lideranças reforcem o compromisso de suas equipes através de ações de engajamento bem pontuadas e estratégicas, tornando todos parte de um único time.

Para você ter ideia, a temática sobre engajamento foi apontada por profissionais de Comunicação Interna e Experiência do Colaborador como sendo a prioridade das ações para 2023, segundo o relatório da Gallagher.

Assim, ao promover essas ações de integração, engajamento e estímulo para motivar os profissionais, as lideranças também irão conseguir ver seus colaboradores irem além em suas tarefas e se comprometerem ainda mais com os resultados, com o clima e com a cultura da empresa.

A jornada do engajamento

O engajamento é muito mais do que apenas motivação, por isso é importante ter em mente que não é um processo que acontece de uma hora para outra, e sim uma jornada.

A motivação está ligada àquilo que queremos, que nos leva a tomar uma ação. Por sua vez, o engajamento tem muito mais relação com a razão pela qual nos esforçamos para fazer tudo da melhor forma possível, com aquela sensação de pertencimento e dedicação.

Ou seja, aspectos como carga de trabalho definida, com pausas, boas condições e um salário que lhe permita viver confortavelmente são muito relevantes aqui.

O colaborador que tem todas essas coisas certamente vai se esforçar para cumprir suas metas e alcançar resultados esperados. Mas é importante entender que nem sempre ele estará engajado.

Afinal de contas, o engajamento é fruto de uma identificação com a cultura organizacional,  com os propósito do negócio e com toda uma compreensão sobre o seu papel, individual e coletivo, para que o fluxo de trabalho aconteça.

Ou seja, além de todos aqueles fatores que antes já importavam para ele, precisa haver também uma interação com os colegas de equipe, tomada de atitude estratégica e mais trocas com líderes, gestores e parceiros do negócio. Aí sim estaremos dando passos em direção ao engajamento.

Claro que é relevante relembrar que o engajamento também é fruto da valorização do trabalho do colaborador, de gestores que constantemente oferecem retorno para suas equipes, de lideranças humanas e que, acima de tudo, saibam dar e receber feedbacks.

Como criar boas ações de engajamento nas empresas

Até aqui, entendemos que as ações de engajamento não são únicas e isoladas, mas sim a construção de uma estratégia que se traduz em uma estrada a ser percorrida por toda a empresa. 

A seguir, listamos algumas dicas para criar boas ações de engajamento.

1. Ouça seus colaboradores

A escuta ativa é a base para ter sucesso nas ações de engajamento planejadas no trabalho de RH e com lideranças, já que a adesão depende do nível de interesse dos colaboradores.

Para ouvir os colaboradores, invista na aplicação de pesquisas e no apoio das lideranças para entender o que as pessoas sentem que precisa melhorar na empresa, como benefícios, processos e demais opiniões relevantes para a construção de um ambiente de trabalho saudável.

2. Incentive a definição de objetivos claros

Para garantir o engajamento das equipes, a definição de objetivos é um passo primordial, já que dificilmente as pessoas vão se comprometer com metas que elas não conhecem ou que não ficaram completamente claras sobre como o trabalho que fazem no dia a dia impacta o negócio. 

Assim, é importante incentivar em todos os níveis da empresa o compartilhamento dos objetivos que fazem parte do planejamento estratégico, bem como a construção das metas por equipe e individuais.

Com isso em mente, fica mais simples desenhar planos de ação e de desenvolvimento, projetos, processos e cronogramas para que todos entendam o que precisam fazer, impactando positivamente o engajamento empresarial.

3. Estabeleça uma rotina de reuniões 1:1

Se na sua empresa as reuniões 1 a 1 não fazem parte do plano de ações de engajamento, saiba que é hora de mudar esse cenário se você quiser colaboradores mais motivados e integrados à organização.

Isso acontece porque o processo das reuniões one-on-one garante um espaço de escuta ativa e segurança psicológica para a relação entre líder e liderado, fornecendo um ambiente recorrente para que o colaborador traga questões que estão impactando o dia a dia de trabalho, bem como feedbacks relacionados à vida corporativa.

É claro que, durante a rotina diária, os gestores podem sempre oferecer comentários sobre a atuação dos colaboradores e os incentivarem a se desenvolver cada vez mais. 

Mas a ocorrência de um dia específico, quinzenal ou mensal, para que um encontro mais formal, que possa discutir o desempenho geral no período é importante para não dar brecha para a desmotivação no trabalho.

5. Invista em feedback contínuo

Não é novidade que o processo de feedback é importante para o desenvolvimento e  engajamento de colaboradores.

No entanto, isso ainda é algo que muitas empresas deixam de lado, como mostra um levantamento da Mindsight, que aponta a falta de feedback como o principal fator de conflitos e ruídos entre gestores e suas equipes.

E se a sua empresa quer pessoas engajadas, a cultura de feedback precisa fazer parte das ações de engajamento em todos os níveis de atuação, da alta gestão aos estagiários.

Isso porque, com a prática do feedback contínuo, todas as pessoas conseguem entender em que ponto da régua estão e como podem se desenvolver, crescer na empresa e se sentir pertencentes à organização.

Afinal de contas, quando os colaboradores não sabem se estão fazendo um bom trabalho, as chances de desmotivação e desengajamento aumentam consideravelmente, impactando em turnover voluntário e queda na produtividade da equipe.

Para saber mais sobre cultura de feedback, acesse este artigo.

6. Comemore as conquistas

Sua empresa comemora as conquistas das equipes? Essa é uma pergunta relevante, já que alcançar bons resultados muitas vezes envolve muito esforço.

Um colaborador pode se sentir desmotivado, por exemplo, quando o sucesso de suas ações é tratado como se não fosse nada demais. E a melhor maneira de contornar a situação é estabelecendo um formato de celebração oficial.

A comemoração da finalização de um projeto, seja com um happy hour, um cupom em aplicativo de delivery ou um post público na rede social corporativa, além de conferir reconhecimento à equipe também proporciona momentos de leveza e interação entre os membros do time, construindo um ambiente de trabalho mais saudável.

E como a tecnologia pode te ajudar nas ações de engajamento?

Agora que você já entendeu a importância das ações de engajamento para manter a produtividade da empresa em níveis altos, podemos falar sobre o apoio da tecnologia nesse processo.

Existem ferramentas profissionais que auxiliam o trabalho do RH e das lideranças, garantindo engajamento dos colaboradores e maior satisfação no ambiente de trabalho.

Neste artigo iremos falar sobre 2: rede social corporativa e ferramenta para pesquisas de engajamento.

1. Rede Social Corporativa

Entre as diversas opções de canais de Comunicação Interna disponíveis atualmente, a Rede Social Corporativa se destaca por trazer mais dinamismo, colaboração e engajamento para as empresas.

Ela é basicamente um sistema de mídia social fechado que proporciona 3 níveis de comunicação: da empresa para o colaborador, do colaborador da empresa e entre colaboradores.

Isso acontece porque é possível fazer publicações no feed de notícias, criar grupos, conversar via chat, interagir com as publicações e estar mais próximo dos colegas de trabalho.

Quando falamos sobre ações de engajamento, a Rede Social Corporativa permite que:

  • equipes de RH e Comunicação Interna divulguem melhor as campanhas de endomarketing.
  • lideranças comemorem as conquistas com as equipes, reconhecendo publicamente a importância de cada colaborador.
  • diferentes áreas fiquem cientes do que está acontecendo em toda a empresa.
  • a alta gestão comunique metas, vendas, faturamento e outras novidades corporativas relevantes.

Com tudo isso, o engajamento dentro da empresa aumenta, impactando positivamente a produtividade, a sensação de pertencimento e a interação entre todos os colaboradores.

Quer conhecer outras vantagens da Rede Social Corporativa? Então acesse o caso de sucesso e saiba como Grupo Lello melhorou a experiência do colaborador com a nossa ferramenta 4bee Work+.

2. Ferramenta para pesquisas de engajamento

Quantas pesquisas a sua empresa faz por ano com os colaboradores? Se a única que é realizada é a eNPS, ligue o alerta e saiba que uma ferramenta como a Culture Amp pode ser a sua melhor aliada.

Lembre-se que a aplicação de pesquisas internas é um passo essencial para garantir a efetividade das ações de engajamento planejadas pela equipe de RH e pelas lideranças. 

Elas ajudam a entender falhas na atuação da empresa, melhorias que podem ser implementadas, colaboradores insatisfeitos e satisfeitos, desempenho de gestores, possibilidade de turnover por área e mais.

O ponto principal é que esse processo precisa ser contínuo e orientado a dados para evitar surpresas ao longo do caminho.

E a ferramenta te ajuda a facilitar todo esse trabalho, com inteligência de dados, dashboards, templates de pesquisas rápidas e planos de ação.

Quer conhecer mais sobre a Culture Amp? Entre em contato conosco para uma demonstração gratuita.

BWG

BWG

Assine a news e fique por dentro das principais notícias do mundo do RH e da Comunicação Interna.