Custo Brasil: como isso afeta o seu negócio

A pandemia do coronavírus, que se intensificou a partir de meados de março de 2020, trouxe mudanças significativas no mundo empresarial, antecipando tendências que vinham sendo gradativamente estudadas e implantadas.

A globalização do trabalho já é uma dessas tendências, mas para isso se tornar uma realidade precisamos ser ainda mais competitivos.

O Custo Brasil, é a expressão usada para se referir a um conjunto de dificuldades estruturais ( fiscais burocráticas, trabalhistas e econômicas ) que atrapalham o crescimento do país e influenciam negativamente o ambiente de negócios. 

BWG-Custo-Brasil

era um grande desafio a ser superado pelos empresários no médio prazo, pois depende de uma boa vontade do nosso congresso, mas agora passou a ser prioridade na pauta desses gestores.

A legislação fiscal e trabalhista obsoleta é com certeza uma dessas dificuldades. 

A CLT foi criada em 1943 para regulamentar as relações trabalhistas, prioritariamente do segmento de indústrias  não sendo adequado e competitiva para uma empresa do segmento de serviços, onde os custos diretos com salários, encargos e benefícios podem chegar em até 80% dos custos totais, uma vez o principal ativo deste segmento são pessoas.

Assim sendo, os empresários tem buscado no mercado com mais intensidade por políticas de contratação e remuneração respaldadas pela legislação e com segurança jurídica, mas ao mesmo tempo gere um custo infinitamente menor que as geradas pelo modelo CLT  tradicional e altos riscos como o modelo PJ e MEI.

Buscar políticas remuneratórias diferenciadas está na prioridade dos empresários, principalmente do segmento de serviços, visando minimizar os impactos o custo Brasil.

O Grupo BWG, que atua no mercado de gestão de pessoas há mais de 20 anos, que tem no seu propósito paixão e inovação, desenvolveu e vem aperfeiçoando ao longo desse anos, políticas remuneratórias com fundamentos legais, que diminuem custos e riscos tanto para o empresário com o para o colaborador sendo mais justas , competitivas e equilibradas para ambos, tornando a empresa mais competitiva e mantendo atraindo com mais frequência  talentos, pois esses sim são os verdadeiros valores de uma empresa.

 

 

Texto escrito por Amadeu Leo Pardo, head do canal BWG Interior de São Paulo.