7 ferramentas de RH que são tendência

ferramentas de RH

7 ferramentas de RH que são tendência

Uma das grandes missões do departamento de Recursos Humanos é promover uma gestão de pessoas eficiente e, de fato, humanizada. Neste sentido, as ferramentas de RH são utilizadas com o intuito de garantir o sucesso da jornada do colaboradores, envolvendo saúde, bem-estar e desenvolvimento profissional.

No entanto, é válido saber que as ferramentas e estratégias também devem ser utilizadas pelo próprio time de gestão de pessoas. Sendo assim, é necessário ficar atento às tendências e aplicar, de forma assertiva, todas as novidades no dia a dia profissional.

Quanto melhor qualificado for o departamento de gestão, mais intuitivo e transparente será o processo seletivo, por exemplo. Consequentemente, será mais fácil atrair novos talentos, reter os já existentes e, quando necessário, rever processos. A empresa, por si só, se tornará um grande atrativo para os candidatos. E os que estiverem alocados, permanecerão satisfeitos.

Pensando em esclarecer como utilizar as ferramentas de RH que são tendência hoje, preparamos este conteúdo especial. A seguir, você conhecerá 7 das principais ferramentas utilizadas na automatização de processos e gestão de pessoas.

Acompanhe conosco e saiba mais!

1. Recrutamento online


Esqueça aquelas longas filas de candidatos na porta da empresa. Além de ser um processo de seleção arcaico, representa um grande desrespeito aos candidatos. 

Isso porque além do estresse psicológico oriundo da busca por uma nova oportunidade, os candidatos ainda precisam lidar com o cansaço físico, alterações climáticas e a incerteza de estar de candidatando à uma vaga condizente com sua qualificação e experiência.

Neste contexto, o recrutamento online é uma ferramenta inovadora. Desde a triagem dos currículos a convocação para entrevistas finais e individuais: todas as fases do processo seletivo podem ser automatizadas, exigindo menos esforços do time de gestão. 

Outro ponto positivo é a facilidade no gerenciamento de candidatos e análise de competências. Em poucos cliques, é possível abrir uma vaga, informar os requisitos e receber inscrições, sem a necessidade de contato manual ou deslocamento do candidato.

Em épocas de distanciamento social, o recrutamento online torna-se uma estratégia crucial para a manutenção da saúde e do bem-estar.

2. People Analytics


A análise e mensuração de dados é uma ferramenta importante na gestão das empresas. Na área de Recrutamento e Seleção, é possível cruzar os dados dos colaboradores, habilidades e competências, de forma inteligente.

Tal análise permite que o gestor observe e avalie a performance individual de cada colaborador, traçando, a partir daí, novas estratégias de qualificação e atualização, engajamento e satisfação profissional.

Uma grande vantagem da aplicação do People Analytics é o alinhamento do profissional às demandas exigidas pela empresa, aos valores e a missão.

3. Chatbots


Se você já precisou sanar alguma dúvida com uma empresa na internet e, ao entrar em seu site ou rede social, foi imediatamente contatado por um pop-up com um atendente virtual, você já foi atendido pelo serviço de chatbot.

Os chatbots já revolucionaram o atendimento ao cliente, o suporte e a TI, mas também podem ser incorporados à rotina do RH. A ferramenta é de grande valia para otimizar a experiência do colaborador, principalmente nas etapas de integração dos novos contratados e onboarding.

Com algumas configurações personalizadas, é possível dar as boas-vindas ao novo colaborador, solicitar documentos para admissão, sanar dúvidas sobre benefícios e demais fases do processo seletivo, além de compartilhar os demais canais de contato da empresa.

4. Clube de benefícios exclusivo


Se antes os benefícios previstos em lei, como vale-transporte e vale-alimentação, eram suficientes para manter um profissional satisfeito e motivado, hoje o time de RH precisa ir além. 

Num cenário no qual os colaboradores têm dado muito valor ao seu desenvolvimento pessoal, saúde e tranquilidade fora da empresa, cabe ao gestor trabalhar na oferta de um clube de benefícios completo e exclusivo. Assim, a empresa tende a reter talentos e manter a equipe feliz e engajada.

Além dos benefícios básicos, oferecer um bom seguro-saúde, convênios com academias, escolas de idiomas e faculdades, ginástica laboral, happy-hours, auxílio para funcionários com filhos menores de idade e clubes de desconto em farmácias e supermercados são caminhos que precisam ser considerados na nova gestão de RH.

5. Foco na saúde e no bem-estar


Manter o equilíbrio entre a vida pessoal e profissional é uma demanda bastante valorizada pelos profissionais atuais. Os talentos não abrem mão de manter a saúde e o bem-estar enquanto estão produzindo.

A priorização da saúde no ambiente corporativo, estendido ao pessoal, pode ser considerada uma ferramenta de RH capaz de reter talentos e se diferenciar no mercado. Afinal, se o profissional não se sente bem, dificilmente conseguirá se doar 100% às suas atividades profissionais.

Mas como valorizar a saúde e o bem-estar do profissional? Promover uma jornada de trabalho flexível e saudável, estimular a realização de exames preventivos, realizar campanhas de imunização, incluir sessões de ioga e ginástica laboral durante o expediente e ofertar seguro-saúde como benefício estendido aos dependentes são algumas possibilidades.

6. Ferramentas de RH para análise de desempenho


Com foco na produtividade individual de cada funcionário e setor, as ferramentas de RH voltadas para a análise de desempenho promovem uma visualização 360ª. Assim, através de planilhas, dados e demais gráficos, é possível avaliar os resultados obtidos, o cumprimento de tarefas e as dificuldades de execução.

A partir das avaliações, o gestor visualiza os possíveis obstáculos de cada profissional para, então, rever processos e aplicar treinamentos adicionais que podem otimizar os resultados.

7. Treinamentos online para RH e demais colaboradores


Como comentamos mais acima, oferecer capacitação e atualização profissional é um dos diferenciais de gestão que retém mais talentos. Isso porque o profissional compreende que a empresa está investindo nele e priorizando o seu desenvolvimento.

No entanto, além dos demais colaboradores, a equipe de gestão também deve receber qualificação, principalmente no que se refere ao uso de novas ferramentas de RH e modernização de processos. Os treinamentos online do próprio departamento devem ser periódicos.

Promover a qualificação do time de RH através de Learning Management Softwares (LM), por exemplo, garante um processo de análise de produtividade dos colaboradores muito mais assertivo e eficaz. 

As ferramentas de RH são cruciais na implementação de uma gestão eficaz e, acima de tudo, humanizada. Saber aplicá-las corretamente exige total qualificação do time de RH, uma vez que a tendência é que os processos sejam cada vez mais automatizados.

Aliado ao que falamos em nosso conteúdo de hoje, a gestão de talentos inovadora também pode incluir:

  • diversidade de colaboradores;
  • colaboradores sendo protagonistas;
  • otimização da experiência no ambiente corporativo;
  • implementação de home-office.

 

E então, você está preparado para utilizar as novas ferramentas de RH e humanizar a sua gestão? Lembre-se que também é preciso desvendar os indicadores de desempenho, assunto sobre o qual discutimos nesse artigo. Leia e amplie seus conhecimentos em gestão!

Compartilhe

Deixe seu e-mail e receba antes o nosso conteúdo.