Por que desenvolver uma rede social corporativa?

Por que desenvolver uma rede social corporativa?

Uma empresa pode e deve contar com uma série de ferramentas que ajudem na sua comunicação interna. Para tanto, uma das possibilidades é o desenvolvimento de uma rede social corporativa para o estabelecimento. 

As mídias sociais se tornaram plataformas bastante presentes no dia a dia das pessoas, oferecendo uma série de funcionalidades que tornam o seu uso interessante e agradável. 

Não à toa, o modelo foi adaptado para ser utilizado dentro de uma companhia, promovendo uma maior interação entre os funcionários de uma empresa, o que cria engajamento e comprometimento por parte de todos. 

Dessa forma, as empresas de instalação elétrica ou de qualquer outro segmento podem recorrer a esse tipo de recurso para promover uma sinergia entre toda a equipe, permitindo que os colaboradores tenham uma convivência mais agradável. 

É válido lembrar que já existem alguns recursos utilizados internamente por empresas que visam auxiliar na comunicação interna, sendo um exemplo disso a intranet. No entanto, a finalidade é diferente da rede social corporativa. 

Enquanto a intranet é um sistema que permite a troca de informações comerciais com maior facilidade, a rede social corporativa é uma plataforma voltada para a convivência e interação entre os colaboradores da empresa.

Assim, essa ferramenta se tornou um recurso bastante interessante para ser implementado em diferentes nichos do mercado, e que pode trazer uma série de vantagens para a rotina corporativa. 

Se você reconhece que ter uma rede social totalmente voltada e personalizada para a sua empresa é um bom investimento, este artigo pode ajudar ainda mais na decisão de desenvolver uma plataforma para o seu negócio. 

Por isso, siga na leitura deste conteúdo e entenda os benefícios que uma rede social corporativa pode trazer para o seu estabelecimento, a importância dela e qual a infraestrutura necessária para elaborar essa ferramenta. 

O que é uma rede social corporativa? 

 

Algumas empresas de entregas ou de diferentes nichos do mercado precisam oferecer uma série de canais de comunicação para interagir com os seus clientes e para facilitar o trabalho interno do estabelecimento. 

Dessa maneira, ela consegue otimizar o seu dia a dia e fazer com que todos os processos se tornem mais eficientes. 

Quem utiliza as redes sociais convencionais pode desfrutar de uma série de recursos oferecidos por elas, como a comunicação com outros usuários, a leitura de artigos, a postagem de conteúdos diversos, etc.

Tudo isso torna a experiência muito mais completa, e garante que o usuário tenha uma ferramenta completa ao seu alcance com facilidade. 

Dados os elementos presentes nas principais redes sociais, a adaptação desse modelo para o mundo corporativo se tornou uma opção interessante. 

Isso porque a funcionalidade da interação permanece em alta, além de comportar vários outros recursos como:

  • Publicação de conteúdos;
  • Criação de grupos;
  • Criação de eventos;
  • Realização de debates;
  • Envio de mensagem instantânea;
  • Entre outros. 

 

Tal como em redes sociais comuns, a corporativa permite que sejam publicados diferentes tipos de conteúdos, em formatos como fotos, vídeos, etc. No entanto, é importante lembrar que eles devem estar voltados ao trabalho. 

Além disso, é possível criar grupos para o compartilhamento de conteúdos de modo mais direcionado. Sendo assim, se um setor está promovendo uma festa na empresa, ele pode enviar uma mensagem apenas para os envolvidos na organização do evento. 

Seja para falar de convites personalizados ou do cardápio que será servido na ocasião, o grupo da rede social corporativa torna mais restrita essa organização, facilitando todo o processo. 

Em paralelo, outro recurso possível é o de criar um lembrete dos eventos que serão promovidos na empresa, tanto os realizados para descontração quanto os que são de alinhamento de trabalho. 

Ali é possível inserir dados que permitam a organização de cada colaborador para que ele compareça dia, na hora e no local designado, como a sala de reunião do estabelecimento.

Vale lembrar que, tal como nas redes sociais comuns, alguns tipos de assuntos podem ser trabalhados em um debate, que pode enriquecer a experiência profissional de todos. 

Por fim, o envio de mensagens instantâneas também é uma realidade das redes sociais corporativas, de forma que a interação entre as pessoas é realmente o principal objetivo da plataforma. 

Diante desse cenário, torna-se claro que esse tipo de ferramenta pode se tornar indispensável para empresas que desejam investir na melhoria da rotina dos seus colaboradores, promovendo meios de enriquecer as relações de trabalho. 

As vantagens das redes sociais corporativas

 

Em vários períodos é necessário fazer investimentos na empresa, para que ela se torne cada vez mais funcional e produtiva. Assim, a instalação de um relógio de cartão de ponto ou a mudança para um espaço maior são ações comuns em qualquer estabelecimento. 

Do mesmo modo, ao decidir investir também na equipe de colaboradores, uma das possibilidades é a implementação da rede social corporativa. Para que essa decisão seja tomada de forma consciente, entender as vantagens dela é fundamental. 

1. Motivação da equipe

Quando as pessoas se envolvem de maneira mais aprofundada no ambiente de trabalho, surge um elemento colaborativo mais participativo no dia a dia da empresa, o que faz com que todos trabalhem mais motivados. 

A integração oferecida pela rede social da empresa é um fator que contribui de maneira especial para isso, justamente porque se torna um canal de contato entre as pessoas, e de auxílio mútuo, gerando maior motivação. 

2. Crescimento pessoal e profissional

Uma das possibilidades oferecidas pelas redes sociais corporativas é o compartilhamento de experiências que enriquecem a rotina da empresa. 

Assim, ao relatar uma situação em que o profissional precisou se especializar na confecção de credencial de pvc e obteve conhecimentos importantes para a sua carreira, esse colaborador contribui para o crescimento pessoal e profissional dos colegas. 

3. Incentivo à inovação

Para o uso das redes sociais, a tecnologia se torna indispensável. Nesse sentido, o desenvolvimento de uma rede corporativa pressupõe a inovação, assim como a aplicação de funcionalidades personalizadas para cada estabelecimento.

Além disso, as discussões feitas na plataforma podem ajudar no desenvolvimento de novas ideias para a empresa, garantindo que ela esteja sempre à frente dos seus concorrentes dentro do seu nicho de mercado. 

4. Facilidade na comunicação

Uma comunicação eficiente é sempre importante para o bom andamento da empresa, e para que a rotina do local seja muito mais produtiva e eficiente.

Nesse sentido, ao utilizar um computador novo e acessar a rede social corporativa, a equipe ganha na facilidade de se comunicar mais rapidamente, agilizando o trabalho como um todo. 

A possibilidade de enviar mensagens instantâneas é um dos recursos que mais auxilia nessa dinâmica, além de evitar custos com telefonia para a empresa. 

Por fim, é também um meio de escutar e entender de maneira mais clara sobre os seus funcionários, criando um clima organizacional que seja benéfico para todos. 

Essas vantagens mostram o quanto esse tipo de ferramenta pode enriquecer o estabelecimento, garantindo que a empresa cresça e se desenvolva com maior qualidade nos seus padrões internos. 

Por que uma rede social corporativa é importante?

 

Assim como um banner informativo é um recurso importante para a publicidade de um estabelecimento, a rede social corporativa é uma ferramenta de grande relevância para uma empresa por vários motivos. 

Além de garantir uma interação mais eficaz dos gestores com os colaboradores, também garante que a equipe esteja alinhada de maneira mais simples, dada a sua estrutura virtual e dinâmica. 

Isso ajuda a evitar altos índices de turnover, de insatisfação e de intrigas internas, de maneira que o ponto que é mais impactado pela rede corporativa é justamente a da comunicação nas suas mais variadas esferas. 

Também é um meio de focar toda a comunicação da empresa em um só lugar, evitando dispersões e garantindo maior assertividade. 

Por isso, ter uma rede social corporativa é motivo de investimento, que vai render uma série de melhorias para a empresa.

Qual é a infraestrutura necessária para desenvolver a rede?

 

Para ter uma rede social corporativa, é possível selecionar entre duas alternativas principais: recorrer a opções já presentes no mercado ou desenvolver uma plataforma personalizada para o seu negócio. 

Para encontrar a melhor opção, é fundamental mensurar as necessidades da empresa, para verificar qual delas pode ser mais eficaz para o estabelecimento. 

Assim, caso os gestores idealizem uma plataforma com ferramentas personalizadas, certamente a implementação de um sistema próprio fará mais sentido para a empresa, que poderá desfrutar de uma infraestrutura completa na rede corporativa. 

Depois disso, o acesso à internet para todos os usuários é indispensável para que se possa navegar na rede, sendo uma alternativa o uso tanto pelo celular, quanto pelo computador. 

As redes sociais corporativas fazem parte de uma estratégia de integração de todos os colaboradores, trazendo bons efeitos para o clima organizacional. 

Por isso, não deixe de investir nesse recurso e tenha a certeza de otimizar o dia a dia do seu estabelecimento com maior facilidade e modernidade. 

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Compartilhe

Deixe seu e-mail e receba antes o nosso conteúdo.