Falhas de comunicação nas empresas: exemplos mais frequentes

Sua empresa já apresentou falhas de comunicação? Esse é um tipo de problema bem comum e que pode atrapalhar bastante o desempenho do negócio, principalmente se for uma questão recorrente.

A comunicação interna é essencial para a realização de um trabalho satisfatório. A troca de informação entre setores precisa ser constante para que as demandas possam fluir com eficiência e controle

Porém não é incomum que falhas de comunicação sejam presentes, principalmente porque os colaboradores estão sujeitos a diversas atividades pendentes e ainda, a fatores externos que influenciam, por exemplo, na concentração

O alerta está quando isso acontece com frequência e a gestão não dá a atenção necessária a como resolver a situação.

Você, como gestor, sabe identificar as falhas de comunicação? Sabe qual a forma correta de agir no caso de elas tomarem proporções além do esperado?

O artigo de hoje traz uma lista que aponta exemplos de falhas de comunicação que vão te ajudar a se preparar melhor, através de medidas simples, para evitar essas situações. Confira!

Por que as falhas de comunicação são tão comuns?


A comunicação é uma característica dos seres humano que, como sabemos, foi desenvolvida juntamente com outras
habilidades cognitivas ao longo de nossa existência. Ou seja, não surgiu com a nossa espécie. 

Até hoje, usar as palavras corretas, que possam expressar a mensagem que buscamos passar adiante, é um desafio constante. É um aprendizado diário. 

Por outro lado, quem fica na posição de receptor também é desafiado a interpretar a mensagem recebida e, a partir dela , tomar ações. 

É por isso que as falhas de comunicação são tão comuns, pois envolvem todo um esforço conjunto entre ambas as partes, com destaque para a comunicação verbal, em que tantos desentendimentos acontecem.

Nas empresas, as falhas de comunicação, somadas a esses fatores, também são influenciadas pela falta de atenção e de responsabilidade com as informações que circulam no local de trabalho. 

Leia também  Transformação digital também é possível em pequenas e médias empresas

Muitas vezes até mesmo o próprio gestor é a causa delas, quando não garante que o subordinado realmente compreendeu a instrução repassada.

No ambiente de trabalho, muitas vezes não há a distinção entre ouvir e escutar. Muitas mensagens são recebidas quase que involuntariamente, sem muita atenção ao que está sendo dito..

Além da ambiguidade que pode estar contida nas mensagens, todos temos diferentes perspectivas, e por isso, nem sempre absorvemos o significado exato que se o transmissor pretendia passar. Isso é o que leva às falhas de comunicação.

Por essa razão é tão importante trabalhar formas de estabelecer a clareza na troca de ideias, além de promover meios de comunicação que permitam que ela circule sem ruídos e obstáculos.

Importância de identificar falhas de comunicação


As falhas de comunicação, em um primeiro momento, podem até não parecer grande coisa. Afinal, erros são comuns, nem sempre tudo corre como o esperado.

Mas é justamente aí que está a diferença. Identificar falhas de comunicação é uma estratégia para evitar problemas e, no contexto de uma empresa, prejuízos.

Se ao longo deste texto você notar que sua empresa apresenta falhas de comunicação, não é motivo para desespero. 

Pelo contrário, é uma razão para começar a trabalhar com ferramentas de comunicação interna que possam preencher essas lacunas e conferir mais estabilidade às atividades do seu negócio.

A comunicação é um dos aspectos básicos do funcionamento de qualquer organização, que não deve ser negligenciada por nenhuma gestão, ainda que isso infelizmente não  aconteça.

Os chamados ruídos, que são essas falhas de comunicação que atrasam as atividades e criam obstáculos para o desenvolvimento da empresa, são duplamente prejudiciais ao minar a própria motivação dos colaboradores, distanciando a cultura organizacional daqueles que deveriam colocá-la em prática todos os dias.

Leia também  Quais são os tipos de comunicação interna nas empresas?

Integrar os setores não é uma tarefa simples. Porém, lidando com as falhas de comunicação, o gestor estará dando passos importantes e seguros em direção a esse objetivo.

Exemplos de falhas de comunicação mais comuns


As falhas de comunicação em empresas vão muito além de passar uma instrução de forma descuidada e isso resultar em um trabalho mal feito. É claro que isso acontece, mas isso é apenas uma das falhas de comunicação, comparada aos outros problemas que negócios modernos enfrentam.

Isso pois, com a presença da inovação e competitividade no mercado empresarial, muitas empresas que não investem em estratégias, sejam elas tecnológicas ou de planejamento, acabam apresentando falhas de comunicação por conta desse atraso em seu desenvolvimento.

Vejamos quais são, de fato, as falhas de comunicação mais comuns segundo essa linha de pensamento:

Falta de feedback


Atualmente, é
inaceitável que a gestão não valorize o feedback. Essa é uma das falhas de comunicação mais graves, porém, mais simples de se resolver.

A relação entre líderes e equipes deve ser próximo e frequente. Reuniões, troca de sugestões e até mesmo reclamações, não devem ser verticais. 

Sem essa postura mais acessível, não há como a gestão saber o que se passa entre os colaboradores e tomar medidas para melhorar o que quer que esteja acontecendo.

Uso de ferramentas de comunicação obsoletas


Ter papel e caneta dentro da empresa não é nenhum crime, mas insistir nessas ferramentas como principais para o desenvolvimento das atividades internas é muito
antiquado e ineficiente.

Papéis passam despercebidos, somem, são jogados no lixo, não podem ser editados e criam confusão com as caligrafias. Uma situação caótica. 

A dinâmica de mercado exige que as equipes possam se comunicar entre si e já existem plataformas colaborativas que aceleram essa integração. 

Leia também  Como a nossa plataforma potencializa a Employee Experience?

Líderes que não dão autonomia aos colaboradores


Profissionais que ficam muito presos a um líder acabam não sabendo em quais momentos é possível andar com as próprias pernas. Sempre inseguros, acabam constantemente
esperando uma aprovação da gestão, para só então seguir em frente.

É importante deixar claro para as equipes até que ponto é preciso esperar pela palavra final, evitando atrasos nos projetos por conta de falhas de comunicação como essa.

Pouco conhecimento sobre o público interno


O quanto você sabe sobre os profissionais que trabalham na sua empresa? Uma das falhas de comunicação mais comuns é devido a gestores que
não sabem com quem estão trabalhando.

Se os líderes não sabem quem são essas pessoas, como elaborar uma mensagem que elas possam entender? Como determinar que linguagem será adotada e que fará parte do clima organizacional?

Desconhecer o perfil dos colaboradores, parceiros e fornecedores é sinônimo de não saber se comunicar de modo adequado e estratégico com eles, falhando na missão de engajar e motivar esses profissionais em função do objetivo do negócio.

 

Agora você já sabe quais são as falhas de comunicação mais frequentes dentro de uma empresa e pode trabalhar de forma a evitar que esses erros venham a prejudicar sua produtividade. Quer se aprofundar mais nesse tema? Veja 5 dicas de como melhorar a comunicação entre setores.

Quer falar com um especialista?Nós Podemos Ajudar Você!

Preencha o formulário se tiver problemas com Folha de Pagamento, Seguros e benefícios, Comunicação Interna ou Engajamento e performance de colaboradores.

Related Posts

× Como posso te ajudar? Available on SundayMondayTuesdayWednesdayThursdayFridaySaturday