Entenda o que é inteligência emocional e como ela reflete no trabalho

inteligencia emocional

Entenda o que é inteligência emocional e como ela reflete no trabalho

Compreender o que é inteligência emocional, nos dias de hoje, é uma vantagem poderosa para a carreira de qualquer profissional.

A rotina de trabalho é muito importante na vida de qualquer ser humano, pois é a garantia do nosso sustento. O local de trabalho é onde passamos a maior parte do dia e, por conseguinte, grande parte da nossa trajetória de vida.

Trabalhamos desenvolvendo atividades que, de preferência, atendem ao que gostamos de fazer, colhendo realizações profissionais que mais tarde poderão ser motivo de orgulho e tranquilidade no momento da aposentadoria.

Dessa forma, é essencial conviver em um ambiente de trabalho saudável, onde possamos lidar com as demandas da melhor forma possível, garantindo satisfação e bons resultados.

Claro que há fatores externos que contribuem para um clima organizacional mais harmonioso, porém, nós mesmos podemos colocar em prática alguns hábitos da mente que fazem bem para nosso próprio bem-estar. 

No artigo de hoje vamos explicar o que é inteligência emocional e como ela auxilia profissionais a conquistarem alta produtividade com qualidade de vida.

O que é inteligência emocional?


A psicologia é quem explica o que é inteligência emocional, apontando que é uma capacidade do indivíduo de compreender com
profundidade suas próprias emoções, gerenciando-as de uma forma mais racional.

Além disso, uma pessoa emocionalmente inteligente sabe como lidar com as emoções e sentimentos das pessoas que as cerca, buscando resultados mais positivos em âmbito pessoal e profissional.

É importante destacar que a proposta de racionalizar emoções não significa escolher o que sentir. 

A inteligência emocional remete à uma maturidade, que busca entender os motivos de sentir o que se sente, sendo capaz de conviver melhor com as próprias emoções, não se deixando abater por elas.

Muitas vezes, por exemplo, somos tomados por emoções que nos desviam do foco. Estando feliz demais, triste, preocupado ou incomodado, entre outras situações, acabamos não dando atenção à outras coisas.

A inteligência emocional não permite que os sentimentos comprometam outras áreas da vida do indivíduo, além de melhorar a percepção de mundo de maneira geral.

Características da inteligência emocional


Para entendermos ainda melhor o que é inteligência emocional, vamos discutir um pouco mais sobre as características que formam uma pessoa emocionalmente inteligente.

Daniel Goleman, psicólogo considerado como um dos pensadores mais influentes do tema, através de seus estudos que conceitualizam o que é inteligência emocional aponta os cinco principais elementos de personalidade que essa habilidade apresenta:

1. Autoconhecimento emocional


Esta característica está ligada à capacidade de conhecer e
estabelecer limites, identificando as emoções, sejam elas positivas ou negativas, e controlando-as em momentos cruciais em que devem ser tomadas decisões importantes.

2. Força mental


A força mental é um dos
pilares da inteligência emocional, um dos principais quesitos para desenvolver as outras habilidades que ela demanda. 

A força mental é uma centralização do lado racional, para que ele possa agir mesmo em momentos difíceis.

3. Automotivação


Para entender o que é inteligência emocional, é essencial saber o que é a automotivação e buscar desenvolvê-la.

Essa característica diz respeito à vontade do indivíduo de realizar seus sonhos e metas de vida, o quão ávido por essas realizações ele é.

4. Empatia


Muitas pessoas podem ter uma ideia equivocada de que uma pessoa de sucesso só se preocupa consigo mesma e não tem tempo para terceiros. Mas para quem sabe o que é inteligência emocional, isso é uma grande bobagem.

A empatia é sim uma das bases da inteligência emocional, visto que, sem ela, não é possível conviver bem em sociedade. Nem em âmbito pessoal, nem profissional. 

É preciso olhar para as dores e alegrias das pessoas ao redor também.

5. Habilidades sociais


As habilidades sociais estão relacionadas com a empatia também, mas abrangem as capacidades de
comunicação e percepção. 

Uma pessoa que domina a inteligência emocional é perspicaz e identifica as necessidades de outras pessoas próximas, oferecendo ajuda e construindo relações de cooperação. 

Importância da inteligência emocional no trabalho


Neste ponto, em que você já sabe o que é inteligência emocional, muito provavelmente já relacionou sua importância com o trabalho.

Afinal, as características de quem tem essa habilidade são muito valorizadas pelas empresas, uma vez que refletem um profissional confiante e colaborativo, com uma tendência maior a produzir mais.

Vejamos um pouco mais sobre alguns dos principais aspectos profissionais em que a inteligência emocional mais colabora:

Integração entre colaboradores


Pesquisar sobre o que é inteligência emocional e como desenvolvê-la em seus colaboradores é um ótimo caminho para atingir a
integração entre equipes

Estimular e conquistar um ambiente harmônico é sempre desafiador para as empresas, principalmente àquelas que lidam com muitos profissionais.

O controle emocional é um excelente aliado nessa missão.

Desenvolvimento profissional


Administrar as próprias emoções em busca de um objetivo é uma qualidade desejada em qualquer profissional, especialmente para aqueles que futuramente podem se tornar líderes.

Esse colaborador sabe como manejar suas próprias inseguranças, permitindo que seu desenvolvimento profissional seja constante, trazendo bons resultados para sua carreira e para o negócio.

Adaptação e redução de conflitos


Profissionais com inteligência emocional têm uma facilidade excepcional para se adaptarem a novos locais de trabalho e situações adversas. 

Assim, em momentos de divergência de ideias, por exemplo, esse colaborador saberá manter o controle e consequentemente evitará conflitos.

Harmonia no trabalho


Um ambiente de trabalho com profissionais emocionalmente inteligentes é muito mais harmonioso. Nele, prevalece o respeito mútuo e a empatia, onde as equipes buscam
trabalhar cooperativamente

Nas empresas, onde é comum ter que trabalhar sob pressão, por exemplo, esse tipo de convivência em que todos se ajudam e superam desafios de forma conjunta evita que colaboradores apresentem níveis de estresse muito elevados. 

Profissionais muito estressados e que se sentem sufocados pela cobrança excessiva podem, ao longo do tempo, começar a apresentar outros problemas, como desmotivação com o trabalho, sinistralidade, afastamentos e até a evasão de funcionários.

 

Agora você já sabe o que inteligência emocional. Quer saber mais sobre como aprimorar o desempenho de seus colaboradores? Confira nosso conteúdo sobre treinamento de liderança.

Compartilhe

Deixe seu e-mail e receba antes o nosso conteúdo.