Desmotivação no trabalho: 5 dicas de como combater

desmotivação no trabalho

Desmotivação no trabalho: 5 dicas de como combater

Você tem sentido que seus colaboradores estão meio distantes do trabalho? Talvez um pouco desconcentrados, com resultados abaixo do esperado ou mais calados? Esses podem ser sinais de desmotivação no trabalho!

Ficar atento a esses sinais é muito importante. A desmotivação no trabalho é uma das coisas com que as empresas mais têm dificuldade em lidar. Porém, o quanto antes o problema for identificado, menor será o prejuízo.

Mais do que isso, atuar de forma a prevenir que seus profissionais se sintam assim é a melhor estratégia.

No texto de hoje, além de mostrarmos a importância de combater a desmotivação no trabalho o quanto antes, daremos algumas dicas preciosas para que você comece a lutar contra esse problema hoje ou que já se previna de sofrer com ele futuramente.

Quer saber que dicas são essas? Então continue lendo!

Qual a importância de impedir a desmotivação no trabalho?


Indo direto ao ponto, a desmotivação no trabalho é um risco grave à produtividade do negócio.

A desmotivação no trabalho é uma das principais razões que levam ao baixo desempenho dos profissionais. E o pior de tudo é que isso não é um problema que surge do nada. 

A desmotivação no trabalho é resultado de uma insatisfação acumulada, que foi arrastada ao longo do tempo e, em algum momento, chega ao seu limite máximo.

Por conta disso é que o acompanhamento por parte de gestores é tão importante. 

Líderes mais atentos poderão notar os sinais de um colaborador insatisfeito logo no início, percebendo que algo não está saindo como deveria. Assim, as soluções que levarão ao fim dessa questão poderão ser encontradas e aplicadas mais facilmente. 

A atenção e proximidade no comportamento dos membros das equipes também é essencial visto que seres humanos estão sujeitos a outros fatores pontuais que podem interferir na produtividade, como problemas financeiros ou com os filhos, por exemplo.

Ao executar estratégias preventivas e manter o acompanhamento que permita aplicar soluções de combate à desmotivação no trabalho, quando ela surgir, a empresa garante que suas metas não serão abaladas pela falta de profissionais produtivos.

Além disso, essa valorização do profissional enquanto pessoa demonstra um compromisso da empresa com seu bem-estar, o que de certa forma já é uma medida mais motivadora.

Um outro cenário prejudicial que a desmotivação no trabalho provoca é um alto turnover, ou seja, um índice de rotatividade de funcionários.

Uma empresa que está constantemente precisando contratar novos profissionais por conta de desistências certamente não é vista com bons olhos, pois algo há de errado com ela. 

É por conta destes dois principais prejuízos – baixa produtividade e alto turnover – que adotar medidas combativas à desmotivação no trabalho é tão importante.

Como combater a desmotivação no trabalho?


Mas afinal, quais seriam
medidas combativas à um cenário de desmotivação no trabalho?

Como mencionamos antes, resolver problemas de desmotivação no trabalho não é uma tarefa fácil, principalmente por estarmos lidando com pessoas e, em grandes empresas, um alto número de profissionais.

O processo de adotar na empresa uma cultura que evite esse tipo de situação é o ideal, mas leva tempo e dedicação, pois é complexo e cheio de detalhes.

Aqui daremos algumas dicas principais para que você comece a pensar o que é preciso mudar no seu negócio para ter colaboradores mais motivados.

Confira:

1. Estipule metas claras e desafiadoras, mas não impossíveis


Uma das primeiras dicas básicas para combater a desmotivação no trabalho é rever um pouco suas metas. Elas estão claras o suficiente? São desafiadoras? E principalmente, são possíveis?

As metas são essenciais pois sem elas não há uma clareza de onde se quer chegar e, para os colaboradores, para onde ir. Seguir instintos sem dúvidas não vai ser uma estratégia eficiente.

Mas, além de repassar as metas de forma clara e objetiva, é preciso encontrar um equilíbrio entre o quão desafiadora essas metas podem ser e sua viabilidade. Propor objetivos que obviamente não poderão ser cumpridos é sinônimo de insatisfação e, adivinhe só, desmotivação no trabalho.

2. Valorize e trate bem seus colaboradores

 

Valorizar os colaboradores é muito importante, assim como demonstrar isso. 

Os profissionais querem ser reconhecidos por sua atuação e resultados, e investir em formas de aprimorar esse feedback sem dúvidas vai fazer com que se sintam mais estimulados e empenhados no alcance das metas.

Colocar isso em prática é mais simples do que se imagina. No simples ato de elogiar e ser gentil, agradecendo, demonstrando interesse pelo bem-estar e comemorando resultados dos seus colaboradores, você já sentirá diferença na atmosfera da empresa.

3. Considere flexibilizar a jornada de trabalho


Em dias que o corpo não está funcionando tão bem ou há algum problema com a família fica difícil se concentrar no trabalho. Ninguém está isento de passar por dias assim.

Em um contexto como esse, é preciso admitir que o dia de trabalho não vai render como o esperado, então qual o ponto em manter um profissional abalado preso ali? Ele poderá inclusive cometer equívocos pela falta de atenção.

Nesses casos, adotar uma postura mais humanizada e flexível, além de prevenir erros, mostrará ao colaborador que a empresa se importa com ele e que entende os imprevistos da vida. 

Um acordo de reposição das horas é a melhor saída.

4. Fortaleça a comunicação interna


Criar um
canal de comunicação mais eficiente entre colaboradores é muito importante para evitar a desmotivação no trabalho.

Procure investir nas ferramentas de comunicação interna, conversando com os profissionais, dando e recebendo feedbacks constantes. 

Esteja sempre ciente de fatores que os incomodam durante a rotina e o que pode ser melhorado, assim você perceberá um aumento da produtividade e da satisfação com o ambiente.

5. Propicie um ambiente de trabalho mais leve


Uma empresa com
clima mais leve é sinônimo de ambiente de trabalho saudável

Algumas atitudes simples podem contribuir muito para a conquista desse tipo de ambiente, como investir em uma sala de descanso para os profissionais, incluir café da manhã e lanche da tarde para momentos de descontração e, ainda, adotar o “Pet Day”, em que durante um dia da rotina os funcionários podem levar seus pets para o trabalho.

Essas foram nossas dicas para combater a desmotivação no trabalho. Quer mais dicas para melhorar o desempenho de seus profissionais? Confira como engajar colaboradores em redes sociais empresariais.

Compartilhe

Deixe seu e-mail e receba antes o nosso conteúdo.