O que é Business Intelligence e qual a importância para minha empresa?

o que é business intelligence

O que é Business Intelligence e qual a importância para minha empresa?

Reconhecer a importância da análise de dados é um primeiro passo para entender o que é Business Intelligence e como esse termo se refere às decisões estratégicas de uma empresa.

A estratégia de mercado é um dos fatores que orienta a competitividade atual, sendo também a explicação para que muitos negócios tenham deixado de existir ao longo dos anos. 

Em um cenário corporativo que não permite que gestores se atenham simplesmente a suas próprias opiniões, o Business Intelligence é um conceito que se tornou mundialmente famoso no ambiente corporativo.

Vamos explicar de maneira fácil o que é Business Intelligence de fato, qual sua verdadeira importância para a gestão corporativa e quais são suas aplicações reais.

Se você quer entender de vez esse termo, sem complicações, esta é sua chance!

O que é Business Intelligence?


Business Intelligence
(BI) é um conceito que em português significa inteligência de negócios ou inteligência de mercado, estando ligado à alta performance das empresas modernas.

Ele foi criado pela Gartner Group e usado pela primeira vez em meados dos anos 90, tendo evoluído consideravelmente para chegar ao potencial que representa atualmente.

Intimamente ligado à termos como Big Data e Analytics, o BI também corresponde à coleta, organização, análise, compartilhamento e monitoramento de todos os dados que são importantes para um negócio.

Em resumo os  pilares desse conceito podem ser divididos nos seguintes processos:

  • Coletar dados: Todo procedimento interno passa por uma identificação de aspectos mais importantes, como falhas, oportunidades e nível de produtividade, por exemplo
  • Organizar e analisar: Todas as informações obtidas em cada ação da empresa segundo a etapa anterior são devidamente organizadas em um banco de dados de maneira mais visual e de fácil compreensão, permitindo uma análise mais facilitada
  • Executar e monitorar: A gestão responsável utiliza a organização da etapa anterior como base para decisões orientadas por dados reais, colocando estratégias em prática e monitorando essa aplicação para garantir que o processo esteja sendo bem-sucedido.

 

O objetivo geral é traçar estratégias mais concretas, baseadas em dados reais e não na intuição ou opinião do gestor.

Isso porque a visão de alguém pode comprometer toda uma empresa. Os dados, por outro lado, não mentem. Assim as decisões podem ser tomadas com mais segurança e embasamento.

Contando com ferramentas como softwares especiais, que buscam aumentar o desempenho, integrar sistemas e compartilhar informações entre as equipes internas, o Business Intelligence é uma das tendências da transformação digital.

Seu uso eficiente permite que toda a base de dados da empresa seja ampliada, crescendo o fluxo de informações tanto em quantidade, quanto qualidade.

Qual a importância do Business Intelligence?


O
Business Intelligence funciona como uma ferramenta estratégica, sendo usada principalmente para oferecer o suporte necessário a gestores no processo de elaboração e execução do planejamento da empresa. 

Ou seja, ele constrói um planejamento futuro baseado em observações cuidadosas fornecidas por todo um histórico do negócio, formado por dados obtidos a partir de fontes diversas.

Assim, o resultado dessa avaliação torna possível compreender e mensurar com mais clareza todo o funcionamento e desempenho da empresa ao longo do tempo, identificando pontos fortes e fracos.

Trabalhando em cima dessas falhas e acertos, a gestão consegue aprimorar processos e garantir o sucesso de operações futuras.

Como dito anteriormente, muitas empresas que seguiram a intuição ao longo de seus anos de atividade enfrentaram dificuldades e muitas não resistiram à elas. 

O BI atua justamente nesse sentindo, focando na sobrevivência do negócio através de um pensamento a longo prazo.

A ideia principal é que a informação é uma importante arma para os negócios, devendo ser a base das decisões internas. 

Com esse conjunto de dados levantados pelo Business Intelligence, a empresa fica mais preparada em relação:

  • Necessidades de seu público-alvo
  • Decisões tomadas pelo cliente durante o processo de compra
  • Condições industriais mais relevantes para o negócio
  • Desafios relacionados à concorrência e o setor de atuação
  • Direcionamento de recursos para o que realmente terá sucesso
  • Questões econômicas e tecnológicas que impactam o setor corporativo
  • Tendências culturais que podem afetar práticas de consumo.


Aplicações do
Business Intelligence


Agora você entende o que é
Business Intelligence e qual a importância para uma empresa moderna, que busca se posicionar bem no mercado.

Mas como de fato aplicar o BI para coletar esses dados tão importantes para o futuro estratégico de um negócio?

Vejamos alguns exemplos:

Monitorar interesses


Uma forma de aplicar o
Business Intelligence é utilizando uma ferramenta para monitorar notícias e sites de interesse para o seu segmento de mercado. 

Definindo as palavras-chave corretas, você pode monitorar o que estão falando sobre sua empresa, sobre a concorrência e as tendências que mais podem ser úteis para sua estratégia.

Esse tipo de ferramenta pode realizar buscas específicas e gerar relatórios poderosos para a sua estratégia.

Monitorar engajamento


Monitorar o
engajamento é muito importante nos dias atuais, tanto quando se fala de público externo, quanto do público interno.

Com ferramentas de BI, é possível obter insights qualitativos e quantitativos, identificando tópicos de interesse desses públicos em relação à marca, assim como definir campanhas de marketing e endomarketing mais eficazes.

Isso acontece porque é possível identificar diferentes tipos de público através do cruzamento de dados, elaborando perfis e seus respectivos gostos, segmentando cada vez mais.

Essa é uma forma de personalizar as experiências com os públicos da empresa, tornando-as muito mais marcantes.

Monitorar clientes


Utilizando um
software de CRM (Customer Relationship Management) a empresa coleta dados de prospecção, atendimento e processo de pós-venda. Assim, a gestão é capaz de identificar problemas na jornada de compra e aprimorar suas estratégias.

Monitorar o comportamento do usuário


Entender o que leva um usuário ao seu site é uma informação importante para conseguir trazer mais pessoas para o seu domínio. 

Da mesma forma, quando alguém está em seu site, qual área é mais visitada e recebe mais tempo de atenção do internautas?

Com esses dados é possível investir em todo um planejamento que convide mais visitantes e que os faça passar mais tempo lendo sobre seus produtos e serviços, alimentando clientes em potencial.

Reduzir custos

 

O Business Intelligence também é uma ferramenta de trabalho aplicada visando a redução de custos. 

Como vimos nos tópicos anteriores, é possível tomar decisões muito mais embasadas e reais com as informações geradas pelo BI e, consequentemente, evitar o desperdício de recursos com ideias que podem não dar certo.

 

Gostou de saber o que é Business Intelligence? Continue entendendo as mudanças no cenário corporativo lendo também nosso artigo sobre o futuro do trabalho.

Compartilhe

Deixe seu e-mail e receba antes o nosso conteúdo.