Tecnologia em Recursos Humanos: como funciona na prática e por que investir

Tecnologia em Recursos Humanos

Tecnologia em Recursos Humanos: como funciona na prática e por que investir

A tecnologia em Recursos Humanos é um recurso utilizado como forma de otimizar a equipe

As ferramentas colaborativas e automatizadas permitem que este departamento se torne mais estratégico e focado em resultados, refletindo em todo o capital humano da organização.

Pilhas de formulários e documentos estão deixando de ser uma realidade aceitável para o RH de empresas que entendem a importância de se modernizar, reduzir custos e, ainda assim, aprimorar a experiência de seus colaboradores no trabalho.

Neste texto vamos mostrar como funciona a tecnologia em Recursos Humanos e quais são razões essenciais para começar a investir nessa proposta o quanto antes. Confira!

Como funciona a tecnologia em Recursos Humanos?


Muitos gestores ainda ficam em dúvida sobre investir ou não na tecnologia em Recursos Humanos. 

Isso acontece porque, querendo ou não, essa é uma ideia relativamente recente, que surgiu com a transformação digital.

No Brasil, por exemplo, esse processo de mudança ainda está, segundo pesquisas, distante de ser considerado como consolidado. Em outras palavras, é comum que ainda haja muita incerteza.

Mas, simplificando, a tecnologia em Recursos Humanos visa principalmente a otimização de atividades operacionais que tomam muito tempo da equipe. 

Em contrapartida ao aumento da importância da TI nas empresas, a valorização da força de trabalho humana recebe cada vez mais atenção, pois esse é o verdadeiro agente de bons resultados.

Ou seja, não basta apenas ter máquinas super inteligentes e cheias de potencial. É preciso contar com colaboradores motivados e dispostos a fazer a diferença pelo negócio.

Por essa razão, o RH começa a deixar formulários, cálculo de folha de pagamento e outras burocracias a cargo das novas tecnologias, voltando sua atenção para os profissionais e como eles estão lidando com toda essa mudança de cenário.

Mas quais são, de fato as ferramentas que, na prática, tornam o RH mais tecnologicamente equipado? Vejamos alguns exemplos importantes para contextualizar melhor:

Plataformas colaborativas


As plataformas colaborativas são capazes de concentrar todas as informações necessárias para que uma equipe trabalhe conjuntamente, trocando ideias a partir de qualquer computador ou dispositivo.

O fluxo de propostas agiliza a comunicação e permite que as melhores soluções sejam apresentadas para os responsáveis, eliminando gargalos que atrasam a finalização da demanda.

Esse é um tipo de tecnologia em Recursos Humanos capaz de engajar ainda mais os colaboradores, estimulando a contribuição nos projetos e garantindo uma dinâmica mais inovadora para a empresa de forma geral. 

Redes sociais corporativas


Uma
rede social corporativa tem o objetivo de atuar diretamente no fluxo de comunicação interna de uma empresa, dinamizando a relação entre colaboradores e aumentando o engajamento. 

Assim como acontece com as redes sociais tradicionais, essa ferramenta tem um potencial de integração muito maior do que o tradicional e-mail, por exemplo.

Outro aspecto vantajoso da adoção dessa tecnologia em Recursos Humanos é a possibilidade de fornecer um canal mais seguro para as discussões sobre os projetos internos. 

Afinal, dessa forma a empresa tem a garantia de que as informações confidenciais se manterão em um sistema próprio, podendo trabalhar diretamente na segurança dele ao mesmo tempo em que confere liberdade de expressão à seus colaboradores.

Sistema informatizado de gestão de pessoas


Uma das maneiras mais eficazes de agilizar o trabalho de uma equipe de RH é adotar um sistema de gestão de pessoas. 

Esse sistema informatizado será a base para todas as informações relevantes para o setor, como os dados dos profissionais da empresa, controle de ponto, histórico de férias, histórico de feedbacks, entre outros dados.

Além de ser útil para consultas e auxiliar na tomada de decisão, ter todo esse material em um lugar só facilita a organização e evita a perda de documentos importantes.

People Analytics


A tecnologia em Recursos Humanos também incorpora conceitos de TI que estão em alta, como
Business Intelligence, Big Data e Analytics

O resultado dessa aplicação na gestão de pessoas é o People Analytics. Essa estratégia consiste basicamente na consideração de dados técnicos e comportamentais de colaboradores através do uso de indicadores de performance.

Com essas análises, são levantados padrões, oportunidades e fraquezas dos profissionais, fornecendo uma base segura para a tomada de decisão mais inteligente.

Plataformas de estudo online


Um RH estratégico, que se dedica ao desenvolvimento dos profissionais e de futuros líderes, sabe a importância de viabilizar treinamentos,
workshops e capacitações para as equipes.

Porém, nem sempre é possível que todos tenham acesso a esse material presencialmente. É aí que a tecnologia também oferece uma ajuda mais do que especial. 

Por meio de plataformas de estudo online, é possível alocar materiais relevantes que todos podem ter acesso de onde estiverem, assistindo sob demanda. 

Por que investir na tecnologia em Recursos Humanos?


Ao conhecer um pouco mais sobre as práticas que caracterizam a tecnologia em Recursos Humanos, podemos concluir que as
vantagens operacionais e estratégicas na rotina do departamento são notáveis.

Mas quais são os benefícios a longo prazo que esses investimentos podem trazer? Confira os principais deles:

Gestão otimizada


Sem dúvidas os recursos citados aqui permitem que o RH se torne mais ágil e eficaz, menos propenso a erros. 

Além disso, o processo de recrutamento e seleção naturalmente passa a apresentar uma resposta mais rápida, atraindo as pessoas certas para as vagas abertas pela empresa.

O fluxo de comunicação mais facilitado torna a troca entre colaboradores mais dinâmica e, por sua vez, diminui os atrasos ou ruídos que prejudicam os resultados finais de projetos.

Informações integradas


Uma das maiores dificuldades das empresas é manter a organização – e para o RH esse desafio é um dos mais importantes para a gestão. 

Esse setor lida constantemente com as pessoas, então é compreensível que sua rotina seja repleta de entraves e imprevistos.

A tecnologia, ao integrar todo o material necessário em um só lugar, permite que a equipe saiba onde procurar o que precisa e encontre rapidamente, contribuindo para uma cultura de alta performance.

Cultura de inovação


A as ferramentas tecnológicas no RH acompanham a tendência da transformação digital. 

Ao adotá-las, a empresa assume uma cultura de inovação. Através disso, ela será capaz de se manter competitiva no mercado, além de mostrar para clientes, parceiros e investidores que valoriza o constante aperfeiçoamento de seu desempenho.

Essas são as principais aplicações práticas da tecnologia em Recursos Humanos e os benefícios que essa estratégia proporciona não só para o setor, mas para a empresa de forma geral. No BWG, oferecemos diversas soluções para tornar seu RH mais estratégico, voltado para engajamento e performance. Quer saber mais? Fale com a gente!

Compartilhe

Deixe seu e-mail e receba antes o nosso conteúdo.